Testemunho José Branquinho

Olá, chamo-me José Branquinho, sou casado com a Manuela e tenho dois filhos, a Rute com 23 anos e o Zé Pedro com 17. 

Sirvo ao Senhor como Pastor, na Remar. Ingressei mais a minha esposa em 1992 com graves problemas de delinquência, resulta-do de estarmos a viver uma vida sem Jesus. 

Graças a Deus, nesta obra, que estava a dar os primeiros pas-sos em Portugal, tanto eu como a minha esposa pudemos des-frutar da misericórdia e do amor de Jesus e ser totalmente res-taurado física e emocionalmente. 

No ano passado, mais precisamente em 31 de maio, fui opera-do aos rins e aquilo que devia no ponto de vista dos médicos ser uma operação simples, tornou-se em algo extremamente complicado onde uma paragem cardíaca e uma hemorragia gra-ve quase me pôs fim à vida, estive internado no hospital duas semanas e mais de um mês em casa em convalescença. Em con-versa tida com o médico mais tarde, ele dirigiu-se a mim dizen-do-me: O senhor entrou no túnel e voltou para trás. 

Depois de tudo o que tinha passado no hospital, e como se isso não bastasse ao fim de quase 8 meses, continuava com muitas dores e sangramentos. Depois de várias idas às urgências e de imensos exames, descobriram finalmente um objeto que tinha ficado alojado no meu corpo, e que era o causador de todo o meu mal estar. Este tempo foi de uma grande prova, foi bastante difícil, e inúmeras vezes perguntei em oração ao Pai se o meu tempo de vida na terra estava a chegar ao fim, porque era dema-siado o sofrimento em que me encontrava. 

No dia 8 de fevereiro deste ano, fui a uma consulta mas já não me deixaram sair do hospital, e numa pequena cirurgia extraíram o famoso objeto (um cateter) e esta foi a resposta de Deus à minha oração. 

Agora estou como novo, já não me dói nada e já não sangro. Com 54 anos, estou a viver vida com quali-dade. Foi um grande alívio para familiares, amigos e toda a família da fé se alegrou com a minha alegria. Aproveito a revista CONTACTO, para animar e encorajar aqueles que já perderam a esperança quanto às circunstâncias difíceis que estão a passar, confiem a Deus a vossa dificuldade e Ele vai cuidar de vós como na Sua misericórdia fez comigo.

Deus vos abençoe 

Last modified onquarta, 15 março 2017 09:49
More in this category: « Testemunho António Martins

Enlaces Ministeriais

Enlaces Ministérios Cristãos que colaboram direta/indiretamente em Portugal e Internacional.

Enlaces Institucionais

Enlaces institucionais de ajuda e apoio ao próximo

Outros Enlaces

Outros enlaces de colaboração e serviços