Deus Está Pronto, Quando Tu Estejas!

Moisés diz ao povo que irão entrar na Terra Prometida. 

Deus deu ao povo a Lei através de Moisés. 

Havia as expectativas de como iriam viver fora de Cativeiro. 

Depois Deus deu-lhes a Expectativa de possuir a Terra Prometida  

 
“Enviarei o meu terror diante de ti, desconcertando a todo o povo aonde entrares, e farei que todos os teus inimigos te virem as costas. Também enviarei vespões diante de ti, que lancem fora os heveus, os cananeus, e os heteus diante de ti. Num só ano não os lançarei fora diante de ti, para que a terra não se torne em deserto, e as feras do campo não se multipliquem contra ti. Pouco a pouco os lançarei de diante de ti, até que sejas multiplicado, e possuas a terra por herança. E porei os teus termos, desde o Mar Vermelho até ao mar dos filisteus, e desde o deserto até ao rio: porque darei nas tuas mãos os moradores da terra, para que os lances fora de diante de ti.” Êxodo 23:27-31 ARC

ATRASADO POR DEFEITO  

Nem todos os atrasos por que passamos na vida são motivados por Deus, mas nas nossas más decisões e desobediências, como é o caso do povo hebraico que andou às voltas e não entrou na Terra Prometida,  assim também nos acontece a nós, muitas vezes. 


No caso de Lázaro, Jesus, em João 11, disse “Ainda bem que assim sucedeu…” E dias depois chegou ali. O atraso manifestou a Sua glória. Há atrasos na nossa vida que vêm da parte de Deus, para que manifeste a Sua glória! Então não culpemos o diabo, nem as circunstâncias, roubando dessa forma a glória de Deus! Um outro exemplo. Depois dos discípulos terem pescado durante toda a noite, o peixe não mordeu o isco. Depois Jesus veio e mandou que lançassem as redes! Grande TIMING! E as redes transbordaram!

 
E somente para que entendas que não és tu, no texto de Êxodo, lemos, “Vou deixar os teus inimigos na terra, vou deixá-los lá! Não os vou tirar de lá durante um só ano!”

 
“Há gigantes na Terra Prometida!” Disseram os 10 espias. Mas a função dos gigantes não era derrotar o povo, mas trabalharem a terra até que o povo a possuísse. Cada circunstância contrária tem um propósito da parte de Deus para aprendermos a começar a ver com os olhos de fé, mais além do que é evidente! 

 
Diz ao teu “gigante”: “Tens um propósito! Tens um trabalho dado por Deus!”

 
EU ESTOU PROTEGIDO POR “PROBLEMAS” 

Muitas vezes, nos apelos que são feitos para as pessoas aceitarem Jesus, parece que se estabelecem expectativas, parece que tudo o que Deus vai fazer é bom, e na realidade, é! Mas surgem muitas situações problemáticas, muitas provações, muitas aflições, e então é necessário mantermos as expectativas reais! 

 
“Vou deixar os inimigos na terra, até… para que não se multipliquem as feras da terra contra ti.”

 
Os nossos próprios inimigos têm um propósito de nos proteger das feras raivosas – dos demónios, das potestades. E aqueles povos todos os heveus, os cananeus e os heteus, que significam? Qual é a aplicação que eles têm na nossa vida? São como o nosso orgulho, a nossa autossuficiência, a nossa arrogância, a nossa altivez. 

 
“Pouco a pouco lançarei (os teus inimigos) fora de ti!” Tu terás tempo de te “multiplicares”, isto é, para te fortaleceres na graça do Senhor e na eficácia do Seu Poder!

 
Se Deus fizesse as coisas demasiado rápidas e fáceis, então acabaríamos por pensar que nós é que éramos “os maiores”. Mas Deus disse, “Vou deixar uns gigantes na tua vida.” Temos algumas coisas, mesmo que sejamos cristãos há mais de 30 anos. E isso pode ser na tua língua; pode ser na tua mente; pode ser nos teus pensamentos; pode ser a tua fragilidade; pode ser a tua hipersensibilidade!

 
Mas Deus não se centrou tanto nos povos, nos seus problemas, mas sim em não tirar os seus gigantes de forma rápida. E foi assim para que pudesse proteger o povo das feras, para que se multiplicassem, isto é, para que ficassem bem preparados. Vemos assim que os problemas são as ferramentas que Deus usa para forjar a Sua obra nas nossas vidas.

 
O apóstolo Paulo aprendeu isso também e aprendeu que na sua debilidade se aperfeiçoava o poder de Deus. 

 
Deus é bastante paciente connosco, apesar que nós não o sermos com os demais. 

 
A obra de Deus é gradual. A salvação é determinante e segura, mas temos de trabalhar nela para que a nossa santificação seja aperfeiçoada. 

 
“De sorte que, meus amados, do modo como sempre obedecestes, não como na minha presença somente, mas muito mais agora na minha ausência, efetuai a vossa salvação com temor e tremor.” Filipenses 2:12 

 
Deus ama-nos, tanto quando estávamos perdidos nos nossos delitos e pecados, como já depois de o termos aceite como Senhor e Salvador.

Deus não nos ama mais por termos mais ou menos porção de terra, mais ou menos capacidade, ou menos dons, pois tudo isso são dádivas Suas! 

 
Deus vai-nos deixar os problemas, os “gigantes” para que nos ensinem a humildade. Deus necessita de vasos quebrantados para derramar a Sua unção, e ela possa fluir e não fique retida. Por isso Ele não escolheu vasos perfeitos, mas pessoas imperfeitas, para que Ele possa aperfeiçoar a Sua obra neles.

 
Temos este tesouro em vasos de barro. 

Nós somos barro frágil nas mãos de um Deus poderoso e eficaz!

 
“Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não da nossa parte. Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desesperados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;  trazendo sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossos corpos;” 2 Coríntios 4:7-10

 
Podemos aprender a ter fé através do túnel da dúvida, através do túnel da provação, através do túnel da tentação, através túnel da aflição e da angústia.

 
Atenção! Nem tudo isto nos é enviado por Deus, mas é permitido por Deus! Outras são em grande parte, fruto das nossas escolhas, das nossas decisões, por falta de direção, por falta de obediência, por falta de sensibilidade à voz de Deus e dos seus servos.

 
As nossas inseguranças fazem parte da nossa  vida para que possamos trabalhar a nossa salvação em temor e reverência.

 
A tua herança está reservada! E vais a recebê-la mais adiante, não de imediato! 

 
NASCIDO DE NOVO PARA UMA VIDA PLENA!

 
“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável e imarcescível, reservada nos céus para vós, que pelo poder de Deus sois guardados, mediante a fé, para a salvação que está preparada para se revelar no último tempo; na qual exultais, ainda que agora por um pouco de tempo, sendo necessário, estejais contristados por várias provações, para que a prova da vossa fé, mais preciosa do que o ouro que perece, embora provado pelo fogo, redunde para louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem, sem o terdes visto, amais; no qual, sem agora o verdes, mas crendo, exultais com gozo inefável e cheio de glória, alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas.” 1 Pedro 1:3-9

 
Deus sabe o que é o melhor para nós!

 
QUANDO ESTAMOS POSICIONADO PARA PROGREDIR 
(ESTAMOS NO SENHOR!) 

 
Agora sim, estás preparado. Há coisas que estiveste à espera e agora estás preparado. Deus está preparado, quando tu estiveres preparado. Preparado!

 
Quando tu estiveres preparado, a promessa é tua, pertence-te! 

Deus irá diante de ti, mas Ele não irá por ti!

 
Deus diz-te, “Eu vou dar-te paz quando tu estiveres pronto para deixares os teus medos!”

 
“Eu estou pronto para dar-te provisão quando deixares de acumular e buscar coisas para ti mesmo!”

 
“Eu estou pronto para livrar-te da prisão da ofensa quando tu estiveres pronto a perdoar!”

 
“Eu estou pronto para usar a tua vida quando tu estiveres pronto para renderes tudo!”

 
“Eu estou pronto, quando tu estiveres pronto, porque darei nas tuas mãos os moradores da terra, para que os lances fora de diante de ti.”

Eu irei diante de ti!

“Deixarei na terra os inimigos para que as feras não te devorem e te possas multiplicar”. 

“Dar-te-ei a terra por possessão”. 

“Darei nas tuas mãos os moradores da terra, para que tu os lances fora”.

 
O Senhor vai adiante de ti! 

O Senhor deixa-nos com problemas para que nos protejam e nos fortaleçamos e cresçamos na Sua graça! 

 
O Senhor dá-nos por posse a herança da salvação, para que trabalhemos nela.

 
O Senhor entrega nas nossas mãos os “gigantes e problemas”, mas somos nós que temos de os lançar fora de nós.

Read more...

As Últimas Sete Palavras de Cristo na Cruz

“E Jesus, dando um grande brado, expirou.” Marcos 15:37 

Através dos séculos e milénios, o homem construiu muitos altares, e neles sacrificou, para ser absolvido dos seus pecados e dos outros. Todavia, um altar foi escolhido, num lugar conhecido como Gólgota, o Lugar da Caveira. “E, chegando ao lugar chamado Gólgota, que significa Lugar da Caveira,” Mateus 27:33  

Foi aí, no Lugar da Caveira, que David colocou a cabeça de Golias, quando Jerusalém era ainda a cidade dos Jebuseus, e só mais tarde conquistou-a e passou a ser chamada a cidade de David. Foi aqui também onde foi crucificado o Cordeiro de Deus.

“Entregou-Se a Si mesmo a Deus pelos nossos pecados, como um sacrifício duma vez para sempre” Hebreus 10:12 

Jesus passou seis horas cravado na cruz, e durante esse tempo, disse sete frases que têm um significado profundo. Sabemos que tendencialmente, na hora da morte, as frases que temos a dizer têm sempre um significado mais profundo. Assim, no caso de Jesus, que cumpria a vontade do Pai, as Suas últimas palavras, ou as suas últimas 7 expressões, têm um significado profundo e marcante.

 

QUAIS FORAM AS FRASES QUE JESUS DISSE NA CRUZ DO CALVÁRIO?

 

PRIMEIRA

“Ora, Jesus, vendo ali sua mãe e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse à sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. Depois, disse ao discípulo: Eis aí tua mãe.E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa. João 19:26,27   

Porque é que Jesus não deixou a sua mãe aos cuidados dos próprios irmãos?

Porque os próprios irmãos, não acreditavam Nele, (João 7:5), e a sua mãe não entendia bem a sua missão. Nenhum dos irmãos de Jesus o acompanhou até à cruz. Jesus deixou a mãe dele com o seu discípulo mais chegado, João. 

Jesus valorizava a família, mas, a família verdadeira é a de Cristo! Imagine o olhar de Maria para Jesus ali na cruz, quando Jesus demonstra por ela uma preocupação familiar. João era a pessoa mais próxima capaz de a ajudar na sua vida espiritual. Jesus cuidou da sua mãe, assumindo a responsabilidade de filho mais velho, mas sabia que a partir dali, não poderia mais. Então pediu o apoio de João para ajudar sua mãe.Aqui vemos patentes 2 palavras – amor e responsabilidade.  

“E quem não toma a sua cruz e não segue após mim não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á.”Mateus 10:38,39  

Tens assumido as tuas responsabilidades?

Sê responsável ao levar a tua cruz!

 

SEGUNDA

 

“E dizia Jesus:Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.Lucas 23:34 

Aqui fala de PERDÃO

A crucificação de Cristo somente ocorreu por causa do nosso pecado. Se não fosse por nosso pecado, Jesus não teria que morrer na cruz. Ele nos lembra deste propósito, ao perdoar aqueles que o crucificaram. Primeiramente, foram aqueles que pregaram os pregos no seu corpo, mas também foi àqueles que o julgaram e condenaram injustamente. Mas nenhum de nós escapa da responsabilidade que o nosso pecado teve e tem na morte de Jesus.

Na oração de Jesus, Ele expressa o seu profundo amor, e pede a Deus para perdoar os seus malfeitores. O amor leva-nos a perdoar.O perdão tem  mão dupla. Ele cura a quem perdoa e a quem se sente perdoado. Na oração ao Pai que Jesus nos ensina, há um destaque para o perdão. 

“Perdoa-nos os nossos pecados, tal como nós temos perdoado aqueles que pecaram contra nós”.Mateus 6:12  

O perdão é melhor do que dez caixas de medicamentos, porque alivia a angústia do coração humano. Jesus perdoou para testemunhar o seu propósito, ao ir à cruz e cumprir o seu próprio ensino sobre o perdão. 

Quem precisa perdoar agora? Declara o perdão para quem te ofendeu!

 

TERCEIRA

 

“E disse-lhe Jesus:Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.” Lucas 23:43 

Fala deEsperança, de Salvação!

“E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo e a nós. Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.”Lucas 23:39-41 

Este que repreende o outro pede que Jesus se lembre dele.

Esta frase de Jesus na cruz é a palavra da Esperança da Salvação. Embora estivesse agonizando na cruz, Jesus estava disposto a atender a qualquer um em necessidade. Jesus preocupou-se em assegurar ao pecador que estava ao seu lado, de que teria sim, salvação para ele, devido ao seu reconhecimento de pecado, e da sua fé Nele. 

No meio de tanto sofrimento Jesus não perdeu o foco principal da Sua Missão! “Ele veio buscar e salvar o que se tinha perdido”. 

Mesmo a sofrer terríveis dores, Jesus foi capaz de dar uma palavra de esperança. Quando todos O abandonaram, Ele nunca abandonou os Seus amigos. Quantas vezes, nós falamos palavras duras em momentos de dor, e isso só piora as coisas. Precisas de uma palavra de esperança? Jesus é o teu Amigo que te fortalece! Somente em Jesus há Salvação! 

“Então, disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor! Para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna!” João 6:67,68

 

QUARTA

 

“E, perto da hora nona, exclamou Jesus em alta voz, dizendo:ELI, ELI, LEMÁ SABACTÂNI, isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” Mateus 27:46 e Marcos15.34 

Estas palavras expressam Sacrifício e Angústia

Jesus, apesar de ser O Filho de Deus, passou por tudo o que um ser humano passa, e do pior, para ser o nosso Salvador, para que não duvidássemos do quanto Ele participou fisicamente, emocionalmente e de todas as formas, em nosso estado físico e mental. Temos aqui a Sua palavra de angústia emocional. 

Alguém disse que esse clamor tem duplo significado. Primeiro, foi o grito de dor como ser humanono momento em que, o caldeirão da ira de Deus, que deveria ser derramado sobre nós, caiu sobre Ele. Segundo, foi o brado de vitória pelo fato de estar cumprindo o projeto de Deus para salvar o mundo, citando o Salmo 22:1,“Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que te alongas das palavras do meu bramido e não me auxilias?”   

O Sacrifício e Angústia de Jesus

“Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.” Filipenses 2:5-11  

No momento de dor, a quem tens clamado?

Clama ao Senhor e Ele te responderá! “Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes.”Jeremias 33:3 

 

QUINTA

 

“Depois, sabendo Jesus que todas as coisas já estavam consumadas, para que se cumprisse a Escritura, disse:“Tenho sede.” João 19:28  

Fala de Redenção  

Aqui está o grande paradoxo: Jesus é a Fonte da Água da Vidae teve sede. A Sua sede era humana, porém, a sede maior, era “buscar e salvar o perdido e os mortos nos seus delitos e pecados”. 

E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,” Efésios 2:1 

O vinagre que lhe deram era um líquido corrosivo, mas Jesus é a Água da Vida que elimina o efeito corrosivo do pecado que corrompe a vida humana. A sede revela a fragilidade humana, e nos faz sentir necessidade de buscar a Deus. 

Qual tem sido a tua maior fraqueza?Jesus pode saciar sua sede! 

“Replicou-lhe Jesus: Todo o que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna. Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, nem venha aqui tirá-la.”João 4:13-15 

 

SEXTA

 

“E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado.”João 19:30  

Há aqui Plenitude! 

Jesus cumpriu com perfeição o plano de salvação projetado por Deus, do Éden até o dia da Sua ascensão ao céu. 

Jesus selou com o Seu sangue o Pacto na Nova Aliança.

Esta  palavra “Está consumado”,(TETELESTAI), significa que a Sua obra está completa, como um carimbo, cuja tinta é o sangue de Cristo,para a remissão de pecados. Aquele que crer e aceitar que o sangue de Jesus Cristo foi derramado para a remissão dos seus pecados, “está livre da lei do pecado e da morte!” Romanos 8:1,2 

“Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus,” Filipenses 1:6  

Deus cumprirá as suas promessas para a tua vida!

 

SÉTIMA

 

“Jesus, clamando com grande voz, disse: Pai! Nas tuas mãos, eu entrego o meu espírito.E, havendo dito isso, expirou.” Lucas 23:46  

Entrega e vitória! 

Jesus deu um brado em alta voz, citando o Salmo 31:5, “Nas tuas mãos encomendo o meu espírito; tu me remiste, SENHOR, Deus da verdade.” 

E constatou-se a sua morte física. A salvação é de graça,mas custou um alto preço, o Cordeiro imaculado foi sacrificado por nós, na cruz. 

Jesus não foi assassinado. Ele morreu voluntariamente, e o que o matou não foram os cravos e os espinhos, mas sim os pecados da Humanidade que pesaram sobre Ele. 

O que é que gostarias de entregar ao Senhor, hoje?Entrega-te ao Senhor, completamente, agora! 

A cruz é o evangelho que devemos viver.

Cada situação dolorosa pode ser uma ferramenta para crucificar o homem carnal e ressuscitar o ser espiritual que há em nós. 

Se estás a ser crucificado por algo que te faz sofrer, toma a tua cruz sabendo que após a crucificação, vem a ressurreição! 

Quantas vezes, nós temos uma sexta-feira de dor, mas depois vem um domingo da ressurreição, quando revivemos para Deus! 

Sentes que estás a ser crucificado?Deus vai-te ressuscitar! 

“O choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo.” Salmo 30:5 

“Porque a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.” 1 Coríntios 1:18  

Entrega-te ao Senhor completamente agora! Reconcilia-te com o Senhor, agora!

Recapitulando

Amor, Responsabilidade, Perdão, Esperança da Salvação, Sacrifício e Angústia, Redenção, Plenitude, Entrega e Vitória são palavras a não esquecer!

 

Conclusão

“Mas todas as coisas provêm de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo, e nos confiou o ministério da reconciliação; pois que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões; e nos encarregou da palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores por Cristo, como se Deus por nós vos exortasse. Rogamo-vos, pois, por Cristo que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” 2 Coríntios 5:18-21. 

Read more...
Subscribe to this RSS feed

Comentários

Enlaces Ministeriais

Enlaces Ministérios Cristãos que colaboram direta/indiretamente em Portugal e Internacional.

Enlaces Institucionais

Enlaces institucionais de ajuda e apoio ao próximo

Outros Enlaces

Outros enlaces de colaboração e serviços

Este site usa cookies própias e externas para melhorar a sua navegação, ao prosseguir, concorda com o seu uso.
Mais informação Aceitar