NÃO NOS CANSEMOS DE FAZER O BEM…

“E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos tempo, façamos o bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.” Gálatas 6:9,10

O cansaço é absolutamente natural. Vamos imaginar alguém que se prepara para correr uma Maratona, e que depois de meses de preparação, chega ao dia de mostrar todo o seu valor e alguém lhe pergunta se está cansado. Certamente que diria que sim. Toda essa preparação prévia foi estafante, mas teve um objetivo e estava prestes a cumpri-lo, chegando à Meta.

Nós também fomos criados em Cristo Jesus para as boas obras. E é esperado que andemos nelas todos os dias. Até podemos cansar-nos porque somos humanos, mas também temos objetivos, alvos e metas. E fazer o bem é um deles.

Cansaço, desânimo, frustrações acontecem quando esperamos resultados imediatos. Não estamos falando do cansaço que acontece depois de uma corrida ou até de uma longa caminhada.

A Bíblia aconselha a “não desesperarmos” ou a “não perdermos o interesse”. À medida que os anos vão passando, crescemos e amadurecemos e começamo-nos a fartar das muitas coisas que fomos chamados a ser, a fazer e a estar.

Se vivemos tudo na nossa própria força ou nas nossas motivações pessoais, certamente que é precisamente isso que vai acontecer. O cansaço, aborrecimento surgirá para fazer-nos cambalear, tropeçar e desanimar.

Nós somos desafiados por Deus a perseverar. Para cada função aonde formos chamados a cumprir, no tempo oportuno, no tempo de Deus, alcançaremos os objetivos, se não desfalecermos e prosseguirmos para as metas e alvos a alcançar.
Quando o apóstolo Paulo escreveu aos Tessalonicenses deu-lhes a mesma recomendação. “E vós, irmãos, não vos canseis de fazer o bem.”
 2 Tessalonicenses 3:13

A Palavra de Deus faz com que nós ganhemos um novo ânimo. A seu tempo ceifaremos algo tão importante e enriquecedor que não será apenas para nós mas muito mais para abençoar a vida de outros.

O segundo versículo mencionado acima para nossa meditação, dá a chave e o desafio: “Então, enquanto temos tempo, façamos o bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.

O que fizermos, façamos por amor a Cristo, a quem quer que seja. Todo e qualquer ser humano vai em vários momentos da sua vida necessitar de ajuda de vária ordem.
E uma mão que se estende para o necessitado não fica sem galardão. Deus vê. E Façamos o bem PRINCIPALMENTE AOS DOMÉSTICOS NA FÉ, mas não ignoremos outros que caem aos nossos pés.

Este ponto é muito importante, somos família de Deus, somos membros uns dos outros, e se um membro padece os outros sofrem com essa condição, mas há muita gente que começa a fazer parte deste Corpo de Cristo quando é alcançada pelo amor e generosidade dos Seus fiéis neste mundo.

“Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa. Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.” Filipenses 2:2-4

“Levai as cargas uns dos outros e assim cumprireis a lei de Cristo.” Gálatas 6:2
 
“Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários. E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra. Porque os que em nós são mais honestos não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela, para que não haja divisão no corpo, mas, antes, TENHAM OS MEMBROS IGUAL CUIDADO UNS DOS OUTROS.” 1 Coríntios 12:22-25

Jamais se esqueça que ter cuidado dos outros é ter cuidado de si mesmo.

A nossa responsabilidade é a de fazer o bem. E não somos capazes por nós mesmos, mas com a força e a capacidade que Deus nos dá.
 
“…A seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.”

A tua mão que se estende para ajudar hoje, pode ser aquela que amanhã se estende para receber ajuda de outros.

Estando na tua mão fazer o bem, faz! Deus vê e recompensa!

J.F.
Posted in
Tagged with , ,

No Comments


Recent

Categories

Archive

Tags

APRESENTAR BLOG Bíblia COVID-19 Deus Israel Jerusalem Miguel Diez SACRIFICIO Trabalho aflição aliança evangelica alma amigo de deus amizade amor de Deus amor animo ansiedade anunciar aperfeiçoar apoio social armadura de Deus atitudes atleta atribulados barro bem biblia boas novas boas perspectivas buscar caminho campanhas cansados casamento compromisso comunidade conferencia confiança confiar congresso conhecer consolo convivio coração coronavirus corpo do messias crer crianças órfãs crise cristo cristãos cruz cuerpo de cristo cuidar cura decisão desafios descanso desfrutar destino deus cuida de nós direção discípulo divino doença enfermidade escolha esforça-te espirito santo eternidade eutanásia evangelho fariseus feliz fe fidelidade filho de Deus fortaleza guerra higiene homem de dores homem hora humano iccm sintra iccm idolos igreja inauguração iccm sintra indiferença iniquidade interceder inverno jesus jovens cristãos jovens iccm loucura poder de Deus luis santos luz mais que vencedores mal marcha por jesus medo menino mensagem mente mestre missões morte moçambique natal nomes Deus noticias nova vida novo ano não obediencia oleiro oração orgulho pac palavra pascoa pastores iccm pecado perfeitos pergunta perseguição poder portugal para jesus pregar prevenção covid19 problemas procurar promessas propósitos provação prudente que será quem sou reflexão refugio rejeição remarportugal remar ressurreição retiro esther reunião ministerial sabedoria saber viver salvação sarado sedento sefarad israel semana santa senhor servir sim sinais sobreviventes socorro sofrimento stream tempestades tentação tristeza valor vencedores venho avisar verdade verão vida vigilia youth for christ